Guia orienta implementação de respostas à Covid-19 para que todas as pessoas tenham necessidades atendidas

Publicação da Plan International Brasil se volta principalmente para situações de maior vulnerabilidade para que ninguém seja deixado para trás

A Plan International Brasil lançou o Guia: Resposta à pandemia de Covid-19, com orientações para a implementação de respostas à pandemia levando em conta como os diferentes públicos, especialmente os mais vulneráveis, vivenciam os impactos desta que é a maior crise sanitária da história recente, para que ninguém seja deixado para trás. A Plan é uma das 48 organizações que integram o Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030).

“Sabemos que a crise provocada pela Covid-19 sobrecarrega os sistemas nacionais de saúde, impacta a economia e coloca milhões de vidas em risco significativo. A pandemia impõe graves ameaças ao bem-estar das pessoas e, neste momento, acentuam-se as violações de direito e as desigualdades”, diz a organização.

Sabe-se que a pandemia afeta mulheres e homens, meninas e meninos de maneira diferenciada, assim como também influenciam questões de raça, classe, deficiência, status frente ao HIV e orientação sexual. “Portanto, toda e qualquer ação que busque reparar o impacto da Covid-19 deve partir da compreensão que a pandemia está afetando o acesso a direitos de parcela significativa da população, em especial mulheres, crianças e adolescentes, especificamente meninas, e ainda mais aquelas que se encontram em situação de pobreza”, esclarece.

O guia orienta a fazer um diagnóstico com o intuito de compreender com mais detalhes a situação atual dos grupos a serem apoiados e dá dicas de como todas as pessoas podem ser conscientizadas sobre a gravidade da pandemia. Em relação às medidas, são citadas a quarentena/isolamento social e o encaminhamento a apoio socioassistencial. A publicação reforça que a manutenção de todos os serviços e medidas essenciais à saúde, desenvolvimento e dignidade de todas as mulheres e meninas é fundamental neste momento.

Deve-se, ainda, ter um olhar especial para a segurança pública e prevenir de todas as formas a violência contra a mulher. O guia também defende o reforço nas medidas de proteção a crianças e adolescentes e o aprimoramento da comunicação para evitar estigmas e pânico. “É preciso responder à pandemia, remodelar a sociedade para que ela possa construir um mundo melhor”, defende a publicação, lembrando que as ações não podem se encerrar com o fim da pandemia.

Baixe o guia aqui.

Com informações da Plan.

Leia também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s