Quem somos

Entendendo que a definição e implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) devem levar em conta o acúmulo das Organizações da Sociedade Civil que vêm trabalhando diretamente na defesa de direitos, no combate a desigualdade e no respeito aos limites do planeta, o Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável no Brasil trabalha para fazer da palavra acordada ação efetiva no cotidiano do país.

:: Quem faz ::

Grupo facilitador

.: Alessandra Nilo – Sócia-fundadora e Coordenadora Geral da Gestos e Diretora Estadual da Abong (Pernambuco) | Cláudio Fernandes – Economista Associado da Gestos e Membro da Campanha TTF Brasil :. Recife, PE

Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero tem por objetivo defender os Direitos Humanos das pessoas soropositivas para o HIV e das populações vulneráveis às DST e ao vírus que provoca a AIDS. Para isso, atua nas áreas de Educação, Comunicação e Políticas Públicas.

Atua nos ODS na área de HIV e AIDS e equidade de gênero, com foco na agenda de direitos sexuais e reprodutivos e direitos humanos em geral, Meios de Implementação e Financiamento para o Desenvolvimento (FfD).

A Gestos facilitou o trabalho em rede do Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 no Brasil desde a sua criação em junho de 2015 até outubro de 2017, quando, em reunião de planejamento, o grupo selecionou duas outras organizações para dividir as tarefas.

.: Fábio de Almeida Pinto – Coordenador Executivo do Instituto Democracia e Sustentabilidade :. São Paulo, SP

O IDS é um think-tank fundado em 2009 por um grupo de lideranças políticas, empresariais, acadêmicas e sociais, constituído como uma organização da sociedade civil, plural e apartidária. Sua criação emerge do entendimento de que democracia e sustentabilidade são valores indissociáveis: o desenvolvimento sustentável só será articulado e alcançado pelo fortalecimento da democracia. Ao mesmo tempo, os valores da sustentabilidade alimentam e fortalecem o processo democrático.

.: Mônica Andreis – Vice-Diretora da Aliança de Controle ao Tabagismo e Saúde (ACT+) :. Rio de Janeiro, RJ e São Paulo, SP

A ACT+ é uma organização não governamental que atua na promoção de políticas públicas de saúde, por meio de iniciativas de advocacy, comunicação e mobilização da sociedade civil. Desde 2006 contribui para a redução do tabagismo no país, e a partir de 2013 vem trabalhando também na prevenção do uso nocivo do álcool e das bebidas adoçadas, como refrigerantes e sucos embalados, e atua na promoção da alimentação saudável e a atividade física para o bem estar.

Organizações associadas

.: Ação Educativa | Vera Massagão :. São Paulo, SP

A Ação Educativa, Assessoria, Pesquisa e Informação realiza atividades de formação e apoio a grupos de educadores, jovens e agentes culturais tendo em vista a justiça social, a democracia participativa e o desenvolvimento sustentável. Nos ODS, acompanhou as articulações internacionais no campo da educação e participou das discussões que analisaram e incidiram sobre o Objetivo 4, principalmente.

.: ActionAid | Sérgio Floro Costa :. Recife, PE e São Paulo, SP

A ActionAid Brasil é parte da rede internacional de organizações não governamentais do mesmo nome. Somos uma organização internacional que trabalha por justiça social, igualdade de gênero e pelo fim da pobreza. No Brasil desde 1999, atuamos em mais de 2.4 mil comunidades e beneficiamos mais de 300 mil pessoas. Trabalhamos em parceria com comunidades e organizações locais em projetos de educação, agroecologia e clima, igualdade de gênero e participação e democracia.

.: Agenda Pública | Flávia Pellegrino :. São Paulo, SP

Agenda Pública, organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), tem o intuito de aprimorar a gestão pública, a governança democrática e incentivar a participação social. Nos ODS, traz sua experiência em implementação dos ODM no Brasil, tendo apoiado a construção do Programa da Agenda de Compromissos do Governo Federal e Municípios; o Guia para municipalização dos ODM com o PNUD e o Governo Federal. A Agenda Pública foi escolhida pela curadoria da Folha de S. Paulo o Empreendedor Social do Ano de 2015.

.: Artigo 19 | Joara Marchezini :. São Paulo, SP

A ARTIGO 19 é uma organização não-governamental de direitos humanos nascida em 1987, em Londres, com a missão de defender e promover o direito à liberdade de expressão e de acesso à informação em todo o mundo. Seu nome tem origem no 19º artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU.

Com escritórios em nove países, a ARTIGO 19 está no Brasil desde 2007, e desde então tem se destacado por impulsionar diferentes pautas relacionadas à liberdade de expressão e informação. Entre as quais, estão o combate às violações ao direito de protesto, a proteção de defensores de direitos humanos e comunicadores, a descriminalização dos crimes contra a honra, a elaboração e a implementação da Lei de Acesso à Informação, e a construção e defesa do Marco Civil da Internet.

.: Casa Fluminense | Cid Blanco :. Rio de Janeiro, RJ

Formada em 2013 por ativistas, pesquisadores e cidadãos identificados com a visão de um Rio mais integrado, a Casa acredita que a realização deste horizonte passa pela afirmação de uma agenda pública aberta à participação de todos e todas as fluminenses.

Através de parceria integrada, Cid Blanco facilitou o primeiro planejamento estratégico do GTSC Agenda 2030.

.: Centro Rio de Saúde Global | Eduardo Faeirstein :. Rio de Janeiro, RJ

O Centro Rio para a Saúde Global, sediado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, pretende atuar em rede com pesquisadores de outras instituições brasileiras e de estruturas similares em outros países. A proposta é articular pesquisadores de diversas disciplinas como agentes ativos de produção de conhecimento e tecnologia.

.: Cineclube Socioambiental”Em Prol da Vida”| Doroty Martos :. São Paulo, SP

O Cineclube Socioambiental “EM PROL DA VIDA” atua na perspectiva do fortalecimento de Diálogos Intergeracionais através de processos de Educação, Arte e Cultura, promovendo o “Ativismo e a Mobilização para a Sustentabilidade”.

Nos ODS, atuamos em processos e ações de formação e sensibilização para capilarizar e qualificar informações sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ampliando o diálogo e as reflexões em âmbito nacional. Articulamos parcerias com Redes, Coletivos, ONGs e Movimentos que atuam na “defesa de direitos” e que podem contribuir na implementação e enraizamento dos ODS.

.: Coletivo Clímax Brasil | Luciano Fontelle :. Campinas, SP (nacional)

O Clímax Brasil é um coletivo de jovens que está tirando as mudanças climáticas do armário com a missão de chacoalhar os adolescentes e jovens do Brasil para que entendam o que são as mudanças climáticas e como eles podem se engajar na temática. 

A proposta do Clímax Brasil é organizar intervenções feitas por jovens para jovens que visam transformar as mudanças climáticas em um assunto mais digerível e próximo às realidades da juventude. O Clímax Brasil quer que o jovem brasileiro se interesse por esse tema, entenda a sua importância e lute em rede para que as soluções para esse problema sejam implantadas.

.: Coletivo Mangueiras | Mathaus Ranie :. Caruaru, PE (nacional)

O Mangueiras é um coletivo autônomo de jovens feministas que lutam por Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivosb  em uma perspectiva integral e interseccional a partir do reconhecimento da diversidade.

.: Datapedia | Marcos Silveira :. São Paulo, SP

O Datapedia é um centro de processamento de dados para construir informações baseadas em evidências empíricas e estatísticas.

Acesso à informação em contexto gera maior autonomia ao cidadão. As premissas utilizadas nas análises devem sempre ser explícitas. As informações e análises devem ser apresentadas de forma amigável, inteligível e consistente. A sociedade se torna mais civilizada quanto mais visíveis forem as pessoas e mais tangíveis forem os resultados.

.: Engajamundo | Marne Lima :. João Pessoa, PB (nacional)

O Engajamundo é uma organização de liderança jovem e feita para jovens. Não temos fins lucrativos e nem rabo preso com nenhum partido, governo ou empresa. Somos abertos a todos que acreditam na importância da atuação da juventude na esfera global.

.: FBES | Francisca “Xica” Maria da Silva :. Belo Horizonte, MG (nacional)

O Fórum Brasileiro de Economia Solidária está organizado em todo o país em mais de 160 Fóruns Municipais, Microrregionais e Estaduais e busca fortalecer o movimento da Economia Solidária e a promoção do direito ao trabalho associado.

O FBES é um instrumento do movimento da Economia Solidária, um espaço de articulação e diálogo entre diversos atores e movimentos sociais pela construção da economia solidária como base fundamental de outro desenvolvimento socioeconômico para o Brasil.

.: Fundação Abrinq | Maitê Gauto | Secretária Executiva :. São Paulo, SP (nacional)

Para a Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, um dos principais obstáculos à efetiva garantia de direitos de crianças e adolescentes no país passa pelo enfrentamento das desigualdades regionais, etárias, de gênero e socioeconômicas, que são características do contexto brasileiro. A Fundação Abrinq entende que a garantia de direitos de crianças e adolescentes está intrinsecamente relacionada ao cumprimento dos ODS no Brasil. Fazer a discussão dos ODS juntos aos governos locais e construir o ambiente para que esses governos possam, já a partir de 2016, organizar seus planejamentos e investimentos orientados pelos ODS será um dos mais importantes passos para o reduzirmos as desigualdades no Brasil. Atuaremos junto ao Governo, nas suas três esferas, para que sejam elaboradas e implementadas as políticas e programas que nos colocarão na rota certa para a promoção do desenvolvimento sustentável, com a garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Junto com a sociedade civil, pressionaremos os líderes e faremos o monitoramento do cumprimento das metas, responsabilizando os governos pelas medidas e investimentos que devem ser feitos nos próximos 15 anos.

.:  Grupo Fundação Esquel Brasil | Rubens Born :. Rio de Janeiro, RJ e Brasília, DF

O Grupo Fundação Esquel acompanha a sociedade civil brasileira nas questões de desenvolvimento sustentável a nível nacional e internacional.

O Grupo é uma rede de organizações não governamentais dedicadas ao fortalecimento da cidadania, no sentido da construção de novas formações econômicas e sociais para o desenvolvimento sustentável na America Latina. Traz a sua experiência com a Agenda 21 para articular perspectivas e posições de distintos movimentos e grupos da sociedade brasileira para enfrentar os desafios da transição para o desenvolvimento sustentável.

.:  IABS | Eric J. Sawyer :. Brasília, DF

O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade tem como objetivo permanente contribuir para o bem estar social, o desenvolvimento sustentável e a redução das desigualdades em níveis local, regional, nacional e internacional. Para suas ações, considera a integridade e qualidade socioambiental, o desenvolvimento e o fortalecimento institucional, a defesa do patrimônio natural e cultural, a melhoria da qualidade de vida e a garantia do acesso a tais benefícios às gerações presentes e futuras.

.:  IDDH | Fernanda Lapa :. Joinville, SC

O Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos é uma organização não-governamental sem fins lucrativos, criada em Joinville, Santa Catarina, Brasil em Junho de 2004.

Nossa missão é promover uma educação para a cidadania no Brasil, que deve ser voltada para uma cidadania global, da educação em direitos humanos, da educação para a paz, da educação para o desenvolvimento sustentável, da educação ativa, dentre outras formas de educação participativa e emancipatória.

O IDDH tem assento no Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos, é membro do NGO Working Group on Human Rights Education and Learning (Genebra/Suíça) e possui status consultivo na Organização das Nações Unidas (ONU).

.:  Impact Hub | Petrina Santos :. São Paulo, SP

Nós do Impact Hub São Paulo acreditamos que um mundo melhor é criado através das realizações conjuntas de indivíduos criativos, comprometidos, apaixonados e focados em propósitos comuns para o desenvolvimento sustentável.

.:  Inesc | Iara Petricovski :. Brasília, DF

O Instituto de Estudos Socioeconômicos, criado em 1979, é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, não partidária e com finalidade pública. A ação do INESC orienta-se para ampliar a participação social em espaços de deliberação de políticas públicas. Em suas intervenções sociais utiliza o instrumental orçamentário como eixo estruturante do fortalecimento e da promoção da cidadania. Para ampliar o impacto de suas ações, o INESC atua em estreita parceria com outras organizações, movimentos e coletivos sociais.

Tem como missão institucional contribuir para o aprimoramento dos processos democráticos visando à garantia dos direitos humanos, mediante o dialogo com o/a cidadão/ã e a articulação e o fortalecimento da sociedade civil para influenciar os espaços de governança nacional e internacional e a consciência da sociedade.

.: Instituto COEP | Gleyse Peiter :. Rio de Janeiro, RJ

Instituto de Desenvolvimento Comunitário e Participação Social foi fundado, em 04/04/2005, como uma associação sem fins lucrativos, a fim de combater a pobreza e proporcionar às comunidades de baixa renda e outros segmentos igualmente fragilizados da sociedade, a possibilidade de sócio-desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida.

.: Instituto Igarapé | Maiara Folly :. Rio de Janeiro, RJ

O Instituto Igarapé é um think and do tank independente, dedicado à integração das agendas da segurança, justiça e do desenvolvimento. Seu objetivo é propor soluções inovadoras a desafios sociais complexos, por meio de pesquisas, novas tecnologias, influência em políticas públicas e articulação.

O Instituto atualmente trabalha com cinco macrotemas: (i) política sobre drogas nacional e global; (ii) segurança cidadã; (iii) consolidação da paz; (iv) cidades seguras; e (v) segurança cibernética.

.: Mirim Brasil | Sylvia Campos |Presidente e Diretora Estadual da Abong (Pernambuco) :. Recife, PE

O Mirim Brasil é uma entidade sociopolítica que luta pela defesa e a promoção dos direitos humanos com foco na infância, adolescência e juventude, no Brasil e no mundo.

.: MNCP | Sílvia Andréa Vieira :. Porto Alegre, RS (nacional)

O Movimento Nacional das Cidadãs Positivas tem como objetivos atuar como rede em defesa e garantia dos direitos e controle social de política de saúde para mulheres e formar mulheres do MNCP nas temáticas: direitos humanos, estigma e discriminação, saúde sexual e saúde reprodutiva, controle social de políticas públicas.

.: Parceria Brasileira Contra a Tuberculose | Márcia Leão :. Porto Alegre, RS

A Parceria Brasileira contra a Tuberculose trabalha para eliminar a Tuberculose como um problema de saúde pública, tendo como eixo de atuação o contexto econômico, social e político. A Parceria trabalha com parcerias público-privadas e com parcerias público-público no intuito de criar soluções inovadoras para o cuidado e o controle da TB no Brasil.

.: Plan Internacional Brasil | Flávio Debique :. São Paulo, SP e São Luis, MA

A Plan International Brasil é uma organização humanitária parte de uma rede internacional que trabalha com desenvolvimento comunitário centrada na criança e no adolescente, sem nenhuma filiação religiosa, política ou governamental. A organização é comprometida com a causa de proteção infantil.

A Plan trabalha para que as crianças cresçam saudáveis e protegidas, aprendam a reivindicar os seus direitos e se eduquem para realizar todo o seu potencial. E combatemos a pobreza, ajudando comunidades a se organizar e se desenvolver.

.: REBRAPD | Richarlls Martins :. Rio de Janeiro, RJ (Rede de abrangência nacional)

A Rede Brasileira de População e Desenvolvimento foi constituída como plataforma de seguimento da Agenda de Cairo (População e Desenvolvimento), com foco nas questões de direitos humanos, a partir do ponto de vista da população afro-descendente e dos direitos sexuais e reprodutivos da população LGBTI.

.: RNP+ | Jair Brandão :. Recife, PE (abrangência nacional)

A Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS trabalha para auxiliar as Pessoas Vivendo com HIV e Aids (PVHA) para que melhorem a sua qualidade de vida e defendam seus direitos e interesses.

Os principais valores apresentados pela RNP+Brasil em suas ações são: cooperação, solidariedade, credibilidade e seriedade.

.: Rede Nossa São Paulo | Zuleica Goulart | Coordenadora de Mobilização do Programa Cidades Sustentáveis  :. São Paulo, SP (abrangência nacional)

Mais de stecentas organizações da sociedade civil integram a Rede Nossa São Paulo, que pretende construir uma força política, social e econômica capaz de comprometer a sociedade e sucessivos governos com uma agenda e um conjunto de metas a fim de oferecer melhor qualidade de vida para todos os habitantes da cidade.
Quanto aos ODS, em 2015, articulou-se com o grupo convocado pela Abong, quando o trabalho se intensificou no seguimento da construção dos indicadores nacionais, que está sendo feito pelo IBGE.

.: Vida Brasil | Damien Hazard | Coordenador Geral e Diretor estadual da Abong (Bahia) :. Salvador, BA

Com sede em Salvador, a Associação Vida Brasil atua na área de direitos humanos e educação para a cidadania junto a crianças e adolescentes, mulheres, pessoas com deficiência e moradores do meio peri-urbano.

.: Visão Mundial | Wellinton Pereira :. Brasília, DF

A Visão Mundial é uma organização não governamental humanitária que tem como objetivo ajudar aqueles que mais necessitam. Atua há 41 anos no país ajudando crianças e adolescentes a terem acesso à programas sociais que levam educação, lazer e saúde às comunidades mais carentes do Brasil.

Organizações parceiras

.: Friedrich Ebert Stiftüng | Gonzalo Berron :. São Paulo, SP

A FES, fundada em 1925, é a fundação política mais antiga da Alemanha e foi criada para dar continuidade ao legado político de Friedrich Ebert, o primeiro presidente alemão eleito democraticamente. Como fundação política, nosso trabalho se rege pelos ideais e valores fundamentais da democracia social – liberdade, justiça e solidariedade – o que nos conecta à socialdemocracia e aos sindicatos livres. Como uma instituição privada de utilidade pública sem fins lucrativos executamos nosso trabalho de forma autônoma e independente.