Em live, organizações do GT Agenda 2030 mobilizam poder público para assumir compromisso com os ODS

Entidades socioambientais, poder legislativo e as prefeituras de Fortaleza e Sobral, no estado do Ceará, se comprometeram a criar uma comissão para abordar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o documento Carta da Terra nos municípios. A ação foi fruto de duas lives promovidas no mês de agosto pela Associação Alternativa Terrazul e a Visão Mundial, membras do GT Agenda 2030, e a Teia Carta da Terra.

“A implementação desta comissão no contexto municipal é relevante, pois articula o compromisso das entidades públicas e da população geral para a construção de debates e a disseminação dos valores e princípios promovidos para a construção de sociedades mais democráticas e sustentáveis e preocupadas com o futuro da comunidade humana”, defendem as organizações.

O principal objetivo do projeto de lives é trazer a discussão sobre a municipalização da Agenda 2030 e a mobilização do poder executivo, legislativo e da sociedade civil para o compromisso com os ODS. Mais de 400 pessoas acompanharam as transmissões ao vivo no YouTube da Visão Mundial. Acesse.

Mesa

Live Fortaleza, 10 de agosto

Regina Chaves, coord. de educação e gestão de projetos da Fundação Cepema
Laura Talho, assessora de advocacy e relações institucionais na Visão Mundial
Liana Queiros, diretoria de participação política do Instituto VerdeLuz
Pedro Ivo, coordenação colegiada Alternativa Terrazul do GT Agenda 2030

Renato Lima, bacharel em Direito e Secretário Municipal de Governo da prefeitura

Vereador Gabriel Aguiar (PSOL), vice-presidente da Comissão de Política Urbana e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Fortaleza
Vereador Guilherme Sampaio (PT), integrante da Mesa Diretora da Câmara Municipal

Sobral, 12 de agosto

Fernanda Rodrigues, Coordenação Colegiada Alternativa Terrazul
Regina Chaves, coord. de educação e gestão de projetos da Fundação Cepema
Renata Cavalcanti, gerente de projetos da ONG Visão Mundial
Professor Marcos Paulo, pesquisador do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento e Território (NEDET) da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA.

Vereador Aleandro Henrique Lopes Linhares, vice-presidente da Câmara de Vereadores de Sobral.
Marília Gouveia Ferreira Lima, secretária do Urbanismo e Meio Ambiente na gestão do prefeito Ivo Gomes, em Sobral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s