ACT Promoção da Saúde lança Guia de Ações de Advocacy para a Agenda 2030

Publicação foi apresentada em um workshop juntamente com um vídeo sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) realizado em parceria com o GT Agenda 2030

A ACT Promoção da Saúde, uma das mais de 50 organizações que integram o Grupo de Trabalho da Agenda 2030 (GT Agenda 2030), lançou nesta quarta-feira (24/03) o Guia de Ações de Advocacy para a Agenda 2030. A publicação, juntamente com um vídeo sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), foi apresentada durante um workshop destinado a colaboradores/as de entidades que fazem parte do GT, parlamentares e assessores/as de parlamentares. O evento teve o apoio da Frente Parlamentar Mista de Apoio aos ODS.

“Esse guia busca fornecer ações concretas sobre causas tão amplas que estão cobertas pelos ODS e tem dois aspectos importantes. O primeiro é trazer estratégias e exemplos sobre como avançar e implementar a agenda dos ODS e, o segundo, é estruturar as ações, o que facilita muito para as organizações pensarem e estruturarem um plano de advocacy”, explicou o coordenador de Advocacy da ACT, Marcello Baird. A ACT cofacilita o GT Agenda 2030 juntamente com a Gestos e o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS).

O guia está estruturado em quatro pilares: produção de conhecimento, comunicação, mobilização e incidência política. Ao final, traz um infográfico com o passo a passo de como elaborar um plano de advocacy. Todos os exemplos de ações utilizados foram adaptados ao período de isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, de forma a ajudar outras organizações da sociedade civil a iniciarem ou darem continuidade às suas ações de advocacy em prol dos ODS.

“Se esses objetivos estivessem sendo implementados, certamente os impactos da pandemia no Brasil não seriam os mesmos. Temos uma chance de posicionamento da Agenda 2030, do conjunto dos compromissos, muito forte neste momento”, disse o deputado federal, médico especializado em Infectologia e ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT-SP).

Segundo ele, a pandemia da Covid-19 escancarou as desigualdades que os ODS buscam reduzir e fez a população compreender, por exemplo, os impactos da ausência de uma cobertura universal de saúde, a falta d’água para fazer a higienização, o impacto sobre as mulheres, a perda de renda e a desigualdade no acesso à educação.

Advocacy é uma prática relacionada ao ato de identificar, defender e promover uma causa, como a saúde, a igualdade racial e a defesa do meio ambiente. Essa prática envolve uma série de ações, ferramentas e formas de atuação para engajar e conscientizar a população sobre como criar e transformar políticas públicas visando ao bem comum.

“A sociedade civil organizada tem papel fundamental em uma sociedade democrática. Assim como os entes federativos, pode e deve participar da discussão e implementação de políticas públicas de interesse coletivo”, diz um trecho da publicação.

Baixe gratuitamente o Guia de Ações de Advocacy para a Agenda 2030 aqui.

Assista abaixo ao vídeo “Sem Deixar Ninguém para Trás | Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

Com informações da ACT Promoção da Saúde.

Leia também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s