Campanha Mudar o jogo – Agenda 2030 e as Eleições Municipais entra na segunda fase

Novas peças enfatizam alguns resultados do pleito de 2020 que indicam avanços, ainda que tímidos, para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil

O Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030) começa a publicar, nas mídias sociais, as peças da segunda fase da campanha Mudar o jogo – Agenda 2030 e as Eleições Municipais. As novas cartelas enfatizam alguns resultados do pleito de 2020 que indicam avanços, ainda que tímidos, para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil.

Com o encerramento do processo eleitoral em todas as cidades do país (a única exceção é Macapá que ainda terá segundo turno em 20 de dezembro), verificou-se a necessidade de dar destaque à ampliação do número de mulheres, pessoas LGBTQI+, negras e indígenas eleitas este ano, segmentos diretamente relacionados ao trabalho do GT Agenda 2030 de disseminação dos ODS e monitoramento da implementação das metas em território nacional.

Também procuramos dar destaque às centenas de candidaturas ao Executivo e Legislativo municipais que apoiaram ações promovidas por organizações que integram o GT Agenda 2030 e parceiros. Das 13 iniciativas que listamos na página da campanha #MudarOJogo, cinco coletaram assinaturas/adesões: Agenda PositHIVa; Campanha São Paulo Composta, Cultiva; GIRO 2020; Pacto pelas Cidades Justas; e Programa Cidades Sustentáveis.

O GT Agenda 2030 entende que alguns resultados das urnas e o apoio de candidaturas a ações socioambientalmente sustentáveis indicam que o jogo está começando a mudar no Brasil. “Temos até 2030 para transformar o nosso mundo e as pessoas eleitas podem ajudar a fazer a diferença, adotando os princípios da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável em seus planos de governo e de atuação legislativa em nível local”, comenta Alessandra Nilo, coordenadora geral da Gestos e cofacilitadora do GT Agenda 2030.

A campanha Mudar o jogo – Agenda 2030 e as Eleições Municipais foi lançada no dia 19 de outubro pelo GT Agenda 2030, em parceria com a Frente Parlamentar Mista de Apoio aos ODS e com a Rede ODS Brasil, com apoio financeiro da União Europeia. Seu objetivo foi divulgar os ODS e fazer com que candidaturas ao Executivo e ao Legislativo municipais e eleitores/as se comprometessem com a ideia de que é possível mudar o mundo para melhor.

Conheça aqui os novos cards da segunda fase da campanha #MudarOJogo.

 Conheça todos os materiais da campanha #MudarOJogo:

Leia também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s