Danos ao planeta ameaçam saúde humana e ações urgentes precisam ser tomadas, diz ONU

Panorama Ambiental Global foi produzido por 250 cientistas de mais de 70 países

A ONU Meio Ambiente (Pnuma) acaba de divulgar uma avaliação abrangente e rigorosa, realizada nos últimos cinco anos, alertando que os danos ao planeta são tão desastrosos que ameaçarão cada vez mais a saúde humana caso ações urgentes não sejam tomadas. O sexto Panorama Ambiental Global foi produzido por 250 cientistas de mais de 70 países e lançado durante a Quarta Assembleia da ONU para o Meio Ambiente, em Nairóbi, Quenia.

Um dos alertas feitos pela publicação está relacionado aos poluentes em sistemas de água potável, que farão com que a resistência antimicrobiana se torne a maior causa de mortes até 2050 e com que disruptores endócrinos afetem a fertilidade masculina e feminina, assim como o desenvolvimento neurológico das crianças. Caso a proteção ambiental não seja drasticamente ampliada, também há possibilidade de haver milhões de mortes prematuras até a metade do século XXI em cidades e regiões da Ásia, Oriente Médio e África.

O relatório, porém, também destaca o mundo pode seguir na direção de um desenvolvimento mais sustentável porque tem a ciência, a tecnologia e os recursos financeiros necessários. No entanto, o apoio do público, das empresas e de líderes políticos, ligados a antigos modelos de produção e desenvolvimento, ainda não é suficiente.

O combate às mudanças climáticas é abordado no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 13. O ODS 14 trata da conservação dos oceanos, mares e recursos marinhos e o ODS 15 da proteção e recuperação dos ecossistemas terrestres.

“A ciência é clara. A saúde e a prosperidade da humanidade estão diretamente ligadas ao estado do nosso meio ambiente”, afirmou a diretora-executiva interina da ONU Meio Ambiente, Joyce Msuya. “Estamos numa encruzilhada. Vamos continuar nosso caminho atual, que levará a um futuro sombrio para a humanidade, ou vamos dar uma guinada para um caminho de desenvolvimento sustentável? Essa é a escolha que nossos líderes políticos têm que fazer, agora”, completou.

Investimentos – Segundo o Panorama, caso os países realizassem investimentos verdes de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) poderia haver um crescimento no longo prazo tão alto quanto o previsto atualmente, porém com menos impactos nas mudanças climáticas, escassez de água e perda de ecossistemas. Os cientistas alertam que ações urgentes são necessárias neste momento, já que qualquer atraso nas ações climáticas aumenta o custo de alcançar as metas do Acordo de Paris.

A Assembleia da ONU para o Meio Ambiente é o fórum ambiental de mais alto nível do planeta. A pauta das negociações da Quarta Assembleia traz questões críticas como o fim do desperdício de alimentos, a difusão de carros elétricos e o combate à poluição plástica nos oceanos, entre tantos outros desafios urgentes.

Faça aqui o download do relatório completo (usuário geo6, senha geo1234).

Foto: NASA/Good Free Photos

Com informações da ONU Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s